sexta-feira, 13 de maio de 2011

VOCÊ, PESARES DE MIM

video
Apesar de tua dureza,
Eu queria que tu soubesses...
Já pensei em te deixar,
Mas depois me vejo sozinho,
Vagando, à esmo, um caminho,
Assim mesmo não posso ficar.

Apesar de tua crueldade,
Eu queria que tu soubesses...
Eu te tenho muito carinho
E, mesmo sentindo os espinhos,
Espero tua flor abrochar

Apesar de tuas mentiras,
Eu queria que tu soubesses...
Sei, não importa o que te digas,
Meio a amores e brigas,
É a tua verdade a perdurar.

Apesar de tua amargura,
Eu queria que tu soubesses...
Que toda minha doçura
Será para coisa alguma,
Senão, tua vida abrandar.

Apesar de tua austeridade,
Eu queria que tu soubesses...
Minha subserviência
Terá toda paciência
Para te fazer agradar.

Apesar de tua volúpia,
Eu queria que tu soubesses...
Quando me entrego aos abraços,
Sem trégua, em teus braços
És, em mim, que te faz aninhar.

Ao pesar de meu suplício,
Eu quero que tu saibas...
Que desde o princípio,
Bem lá no início,
Desejei ao teu lado estar.

E, Apesar de tua indiferença,
Eu quero que tu saibas...
Que mesmo, às vezes, sofrendo,
Contigo continuo vivendo,
E não hei de negar te amar!

Nenhum comentário:

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails